Diario del proyecto Biodiversidade do Vale do Itajaí

09 de abril de 2024

Projetos e oficina de macroinvertebrados aquáticos

Dentre as atividades preparatórias do DNU2024, há uma oficina de macro invertebrados aquáticos. Essa oficina será o 11 de abril e qualquer pessoa que entenda inglês pode se inscrever nela em:
https://www.citynaturechallenge.org/events

Como parte dessa iniciativa foram criados uma série de projetos, que abriram o dia 7 (abr/24), toda(o)s estão convidada(o)s. O projeto guarda-chuva dessa iniciativa é: https://www.inaturalist.org/projects/macroblitz
Obs.: desde o projeto guarda-chuva vão a cada um dos outros projetos de macro invertebrados aquáticos para fazerem parte e suas observações contar neles.

Publicado el 09 de abril de 2024 a las 10:41 PM por liuid liuid | 0 comentarios | Deja un comentario

06 de abril de 2024

Oficinas on-line com inscrições abertas

Como atividades preparatórias para o Desafio Mundial da Natureza Urbana [e periurbana], estão acontecendo uma série de oficinas. Estas oficinas são abertas, gratuitas e on-line.

Para detalhes das oficinas e inscrições clique aqui.
A maioria das oficinas são em inglês, mas o projeto da região Tocantina (Maranhão) fará uma em português o 11 de abril.

Treinamento Virtual do Desafio Mundial da Natureza Urbana 2024
Região Tocantina, Maranhão
Organiza: IFMA - Campus Açailândia
Data: 2024-04-11
Horário: 19:00-20:00 BRT

Além disso, o projeto da mesorregião Vale do Itajaí tem disponibilizado uma série de tutoriais em português em seu canal de YouTube, os quais podem acessá-los através do seguinte enlace: 👆🏽https://linktr.ee/desafiodanatureza.valedoitajai 💚!

Publicado el 06 de abril de 2024 a las 01:17 PM por liuid liuid | 0 comentarios | Deja un comentario

03 de abril de 2024

Impacto do Desafio Mundial da Natureza Urbana [e periurbana] no iNaturalist

A continuação o folheto criado pela organização internacional do DNU2024, traduzido e adaptado à realidade brasileira. Nele fomos prestigiades com a seleção de uma de nossas fotos do Vale do Itajaí, tirada durante o DNU2023 por Tamily Roedel @tamily1 (Foto 4 do folheto).

Convidamos a todes para participarem do Desafio Mundial da Natureza Urbana 2024 (DNU2024) e da Grande Biobusca do Hemisfério Sul 2024 (GBS2024).

DNU2024
📅📸🎶 26 – 29 de abril. Fase 1: Maratona de obtenção de registros 🦋🐌🍄🌿🌵🦞🦐🦉🐳🦜🦇🦊. Toda a comunidade está convidada para participar, crianças também podem participar) 🕵️🧑‍🎤🧑🏽‍🧑🏼👨‍🦽🧑🏽‍🏫.

📅💻 30 abril – 6 maio. Fase 2: Maratona de identificação 🙇🏻‍♂️🔬 e tempo para terminar de subir os registros obtidos com câmeras e gravadores além dos do celular. Todo o pessoal com conhecimento técnico do Vale do Itajaí está chamado para participar ativamente desta fase (biólogues, agronomes, florestais, veterináries de vida silvestre, observadores de aves, etc.).

Agradecemos a divulgação com familiares, colegas, alunos(as), amigos(as) e todas as pessoas 🕵️🧑‍🎤🧑🏽‍🧑🏼🕵️‍♀️🧑🏿‍🌾🦽🙎🏽‍♀️🦹🏻que curtem de fotografar e observar a natureza!

🗣️ Ajude a que este evento chegue muito mais longe 🚀.

Caso você faça atividades coletivas, lembre-se de tirar fotos e compartilhá-las conosco. Quem sabe, talvez uma das suas seja selecionada para o folheto de 2025 😉.

Publicado el 03 de abril de 2024 a las 03:35 PM por liuid liuid | 0 comentarios | Deja un comentario

12 de marzo de 2024

Biogeomar 2024 - resultados finais

A Biogeomar 2024 terminou o passado 29 de fevereiro. No total foram
16.519 observações🦀🐋🌳
4.050 espécies 🦀🐳🐬🐟🐚🐌🐙🐡🦉🌼🌳
1.343 Identificadores 🧑‍💻👩‍💻
1.291 Observadores de todo o Brasil 🕵️‍♀️🕵️‍♂️.
e o Vale do Itajaí uma vez mais se destacou nesse projeto!

🎉Três pessoas do Vale do Itajaí ficaram dentre as 10 maiores observadoras 🕵️‍♀️🕵️‍♂️: @clarisseodebrecht, @liuid e @tamily1

OBSERVADORES
Pos. .......Usuárie iNat ......................N° obs. ....... N° espécies
1 ............ @biologocelio ...................... 1.458 .............. 470
2 ............ @flaviomendes ....................1.201 .............. 455
3 ............ @izanildo ................................ 803 .............. 351
4 ............ @clarisseodebrecht .............745 .............. 288
5 ............ @ybynatureza ..........................441 .............. 218
6 ............ @gabrieljovencio .................... 419 .............. 187
7 ............ @liuid ....................................... 287 .............. 98
8 ............ @anderson62 .......................... 250 .............. 95
9 ............ @lenaody .................................. 233 ............... 78
10 ........... @tamily1 ................................. 192 ................ 91

E Luís Funez (@floradesantacatarina) ocupou a 4a. posição no ranqueamento des identificadores 🕵️‍♂️🎉:
Pos. ........ Usuárie iNat ..................... N° obs. identificadas
1 ............ @enricotosto96 .......................... 2.797
2 ............ @vitorcdg ..................................... 2.457
3 ............ @gianlluca_au ............................. 1.024
4 ............ @floradesantacatarina .............. 426
5 ............ @danielcavallari ............................ 392
6 ............ @didobola ....................................... 355
7 ............ @mayconu7 .................................... 339
8 ............ @felipe_st_ ..................................... 308
9 ............ @flaviomendes ............................... 307
10 ........... @luizfernandomatos .................... 302

Gostaria de mencionar que o tempo ⏳da ciência é outro, um pouco mais devagar , por tanto, essa nova informação por todes proporcionada tem efeitos ao longo de muitos anos e incluso séculos. Talvez daqui a 10 anos, alguém esteja descrevendo algo novo, inspirade em algum destes registros, ou reporte uma ampliação do rango de distribuição de alguma espécie, ou o declínio de algum grupo, etc., etc.

Por enquanto, só resta agradecer a todas as pessoas que participaram e que aportaram seus registros e/ou seu conhecimento técnico, com as identificações.

Esperamos que a participação no evento tenha servido para conhecerem um pouco mais das espécies que habitam o litoral marinho do país.

🗣️ Convidamos a todes para participarem do próximo desafio 🧭, o Desafio Mundial da Natureza Urbana 2024 🌎, cujo projeto específico para o Vale do Itajaí corresponde a:
https://www.inaturalist.org/projects/dnu2024-vale-do-itajai-e-regiao-sc-brasil
📆O DNU2024 terá sua fase de realização de observações 📸 de 26-29 de abril e a fase de identificação 🧑‍💻👩‍💻 se prolonga até o 5 de maio.

Caso você se encontre numa região sem projeto, também pode participar e ajudar com o ranqueamento do Brasil, fazendo parte do projeto:
https://www.inaturalist.org/projects/desafio-mundial-da-natureza-urbana-2024-brasil-fora-de-area-global-project

E se você se encontra fora do Brasil, e numa área sem projeto, também pode participar do DNU2024 se inscrevendo no projeto:
https://www.inaturalist.org/projects/city-nature-challenge-2024-global-project.

A participação no DNU é certificada, tanto das pessoas que participam com observações como as que participam identificando. Participação que é trasladada em horas a partir dum cálculo do total de observações e identificações realizadas. Essa transformação em horas de dedicação aplica para o projeto do Vale do Itajaí.

Publicado el 12 de marzo de 2024 a las 11:21 PM por liuid liuid | 0 comentarios | Deja un comentario

17 de febrero de 2024

Biogeomar 2024 entra na sua fase final

Estamos nos últimos dias da Maratona Brasileira de Naturalismo do Verão, a Biogeomar 2024.

Se você esteve algum dia de janeiro no litoral marítimo do Brasil e ainda não tem subido suas observações no iNaturalist, tem até final do mês que elas façam parte da Biogeomar 2024. Também convido a todas as pessoas com conhecimento técnico em algum grupo para ajudar com a identificação das observações. Neste momento temos 3 pessoas do Vale do Itajaí dentre as 10 maiores observadoras do evento (@clarisseodebrecht, @liuid e @tamily1) e Luis Funez (@floradesantacatarina) o 4° identificador nacional e o único na lista des 10 maiores identificadores do evento. Neste momento o 47,5% das observações encontram-se no nível de pesquisa (identificadas até espécie e fazendo parte das bases de dados da biodiversidade internacional GBIF), e com a contribuição de todes podemos levar ainda muitas mais observações a esse nível.

Aproveito também para es convidar a fazer parte do projeto SiBBR. O SiBBr é o projeto do Estado Brasileiro de registro da biodiversidade. Ao fazer parte dele, você poderá ver suas imagens publicadas no Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira. Porém, para isso é necessário que você configure a licença de seus registros para alguma das modalidades Creative Commons (isso se define em Configurações, no caso do aplicativo; ou desde seu perfil, no caso da plataforma.

Um ótimo fim de semana para todes!

Liu

Publicado el 17 de febrero de 2024 a las 06:26 PM por liuid liuid | 0 comentarios | Deja un comentario

02 de febrero de 2024

Convite Desafio Mundial da Natureza 2024

📣Entre o 26 e o 6 de maio estaremos, no Vale do Itajaí, participando pela segunda vez do Desafio Mundial da Natureza Urbana [e periurbana] 🍄🌿🌵🦞🐠 !!!

Durante a nossa primeira participação no evento em 2023 obtivemos resultados incríveis, ficamos na terceira posição nacional nos três quesitos avaliados: Quantidade de observações, Quantidade de espécies e Participação Cidadã e muitos registros interessantes para a ciência 💚. Neste ano gostaríamos continuar sendo destaque, e porque não, melhorarmos ainda mais a nossa atuação no evento, mas, para isso precisamos da participação ativa de todas e todos. Cada pessoa pode contribuir, já seja ajudando com a divulgação do projeto, ensinando a usar a plataforma iNaturalist e, durante a maratona naturalista, fazendo observações e colaborando com as identificações (claro, conforme ao conhecimento de cada pessoa)!

O Desafio da Natureza é uma maratona naturalista e constitui o maior evento de ciência cidadã da atualidade no planeta Terra. Para fazer parte do projeto do Vale do Itajaí clique aqui.

Lembrando que o evento se constitui de duas etapas, cujas datas são:
📅📸 26 – 29 de abril. Fase 1: Maratona de obtenção de registros (toda a comunidade está convidada para participar, crianças também podem participar).
📅💻 30 abril – 6 maio. Fase 2: Maratona de identificação e tempo para terminar de subir os registros obtidos com câmeras e gravadores profissionais ou mais especializados. Todo o pessoal com conhecimento técnico do Vale do Itajaí está chamado para participar ativamente desta fase (biólogues, agronomes, florestais, veterináries de vida silvestre, observadores de aves, etc.).

Caso, entre os dias 26 e 29 de abril você se encontre fora da mesorregião do Vale do Itajaí, e na região onde se encontra não está inscrita no evento, você pode participar com observações, para ajudar com o ranqueamento do Brasil, fazendo parte do projeto:
https://www.inaturalist.org/projects/city-nature-challenge-2024-global-project.

✅ Siga-nos nas redes sociais: https://linktr.ee/desafiodanatureza.valedoitajai
✅ Projeto do DNU2024 - Vale do Itajaí no iNaturalist: https://www.inaturalist.org/projects/dnu2024-vale-do-itajai-e-regiao-sc-brasil.

🗣️ Ajude a divulgar o projeto, copie o enlace do projeto e o compartilhe com a sua família, amigas(os) e colegas. Caso seja professor(a), ensine a suas e seus alunes a utilizar o aplicativo do iNaturalist, faça atividades com iles 🕵️🧑‍🎤🧑🏽‍🧑🏼🕵️‍♀️🧑🏿‍🌾🦽🙎🏽‍♀️🦹🏻!
Como diz aquela frase célebre: só protegemos o que amamos e só amamos o que conhecemos 💚.
.

Publicado el 02 de febrero de 2024 a las 11:48 PM por liuid liuid | 1 comentario | Deja un comentario

05 de enero de 2024

Resultados Inverte Fest e convite de participação no Projeto Geral do Vale do Itajaí no iNat

No InverteFest o Vale do Itajaí também fez bonito. A pessoa que fez mais observações no mundo foi Andre Saibra (@andresaibra), professor da rede pública de Itajaí e Navegantes, que fez observações desde Palmas (PR)🎉.

No total, para o 5 de jan 2024, foram: 1383 observações, 733 espécies registradas, 56 pessoas observadoras e 333 pessoas identificadoras.

A continuação as pessoas que ocuparam os 10 primeiros lugares em cada um dos tópicos avaliados:

A. Quantidade de observações 📸:

🥇Andre Saibra @andresaibra (166 obs.). Do Vale do Itajaí, mas, fez registros desde Palmas (oeste do Paraná), uma área pouco amostrada no iNat.
🥈@pobrown (143). De Canadá.
🥉Esteban Koch @esteban_koch (126 obs.). Filho do Vale do Itajaí, que fez observações desde Manaus (AM). Fotos muito lindas, de animais noturnos.
📜Primeiro diploma: Franz Anthony @franzanth (118 obs.). Da Indonésia.
📃Segundo diploma: Steven Bach @steven_bach (113 obs.). De Texas, EE.UU.
6 posição: Liu Idárraga Orozco @liuid (97 obs.). Residente do Vale do Itajaí, fez observações, diurnas e noturnas, desde o Blumenau.
7 posição: Sean Hartnett @apricaria (67 obs.). Da Inglaterra.
8 posição: Vitor Côrrea Dias @vitorcdg (54 obs.). Do Espírito Santo. Fotos lindíssimas de animais diurnos pouco percebidos normalmente pela maioria das pessoas.
8 posição: Soh Kam Yung @sohkamyung (54 obs.). Do Singapore. Fez muitas fotos lindas, principalmente de Borboletas.

10 posição: Tamily Roedel @tamily1 (47 obs.). Do Vale do Itajaí, fez observações diurnas em Navegantes.
5 pessoas do Brasil dentre as 10 maiores observadoras do mundo no Inverte Fest🎉!

B. Quantidade de espécies registradas até o 5 jan 2024 (sexta):

🥇@pobrown (80 espécies). De Canadá.
🥈Andre Saibra @andresaibra (60 espécies).
🥉Steven Bach @steven_bach (37 espécies). De Texas, EE.UU.
📜Primeiro diploma: Sean Hartnett @apricaria (34 espécies). Da Inglaterra.
📃Segundo diploma: Soh Kam Yung @sohkamyung (30 espécies). Do Singapore
6 posição: Esteban Koch @esteban_koch (23 espécies). Filho do Vale do Itajaí, mora em Manaus (AM).
7 posição: Franz Anthony @franzanth (21 espécies). Da Indonésia.
8 posição: Robert Russo @ lenrely (19 espécies). Do Norte de Carolina, EE.UU.
9 posição: Mike Melton @mikemelton (18 espécies). De Washington (EE.UU), porém, fez observações desde Costa Rica.
10 posição: Clarisse Odebrecht @clarisseodebrecht (16 espécies). Do Vale do Itajaí, fez observações no Balneário Camboriú, Camboriú e Itapema.

10 posição: Vitor Côrrea Dias @vitorcdg (16 espécies). Do Espírito Santo.
5 pessoas do Brasil dentre as 11 maiores observadoras da riqueza de invertebrados do mundo no Inverte Fest🎉!

** C. Quantidade de identificações 🕵️📚:**

🥇Enrico Tosto @enricotosto96 (84). SP
🥈Gianlluca Leme @gianlluca_au (79). GO
🥉Dido @didobola (43). PR

📜Primeiro diploma: Maycon Souza @mayconu7 (42). RJ
📃Segundo diploma: Vitor Côrrea Dias @vitorcdg (37). ES
6 posição: Luciano Peralta @vitorcdg (36). La Plata (Argentina).
7 posição: @stomlins701 (34). EE.UU.
8 posição: Felipe Santana @felipest (30). SP
9 posição: Victor Satyro @victorsatyro (25). RJ

10 posição: Erik F. @erikfr (23). ES-SP
5 primeiros identificadores, todos do Brasil 🎉.
8 identificadores do Brasil dentre os 10 maiores identificadores do mundo no evento Inverte Fest dez 2023 🎉.
9 identificadores da América do Sul🎉.
0 de Santa Catarina 😐!

------------------//-------------------//-------------------//-------------------//-------------------//-------------------
8 pessoas no total participaram desde o Brasil como observadoras:
Pos. Usuárie iNat...............obs...............espécies
1 andresaibra ................168 ..............60 (mora no Vale do Itajaí, SC)
2 esteban_koch .............126 ..............23 (filho do Vale do Itajaí, mora no AM)
3 liuid ................................97 ...............12 (mora no Vale do Itajaí, SC)
4 vitorcdg .........................54 ................16 (mora no ES)
5 tamily1 ............................47 ..................9 (mora no Vale do Itajaí, SC)
6 clarisseodebrecht .......28 ................16 (mora no Vale do Itajaí, SC)
7 jackehertel ......................4 ...................0 (mora no Vale do Itajaí, SC)
8 kyheco ..............................3....................1 (mora no Vale do Itajaí, SC)
TOTAL PART. BRASIL .......527 .................273
Porcentagens...................... 38% ...............37%

Contribuímos com um 38% das observações e um 37% das espécies registradas mundialmente 🥳🥰!

Houve uma série de registros notáveis para o Brasil na plataforma, dentre deles, muitos de Vitor Côrrea Dias (@vitorcdg), que observou pela primeira vez várias espécies e grupos de níveis maiores no Espírito Santo, além de aportar registros para o norte desse estado, onde antes não tinha sido amostrado no iNaturalist e também Andre Saibra (@andresaibra), que fez registros no oeste do estado Paraná, outra região com muitas poucas observações no iNat 💚. Se você achar registros notáveis, por favor os adicione nos comentários!
------------------//-------------------//-------------------//-------------------//-------------------

🗣️👣Convidamos a todes se unirem a este projeto, que será, a partir de hoje nosso projeto permanente através do qual estaremos comunicando os próximos eventos.

Publicado el 05 de enero de 2024 a las 08:56 PM por liuid liuid | 4 comentarios | Deja un comentario

Archivos